terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Decoração de natal de Taquaruçu atrai turistas


Praça Joaquim Maracaípe em Taquaruçu (Foto:Antônio Gonçalves/Ascop)
Anjos de garrafas Pet iluminam a praça. (Foto: Antônio Gonçalves/Ascop)

A decoração natalina ecologicamente correta no distrito de Taquaruçu, considerada um recanto para os turistas que desejam conhecer os atrativos turísticos do entorno de Palmas, capital do Estado do Tocantins, tem sido uma atração a parte, principalmente na área da praça Joaquim Maracaípe, localizada na área central da cidade.
Além de visitar a decoração natalina, o turista que escolher Taquaruçu para curtir as festas de final de ano, terá a oportunidade de conhecer os atrativos do complexo ecoturístico no entorno de Palmas, a exemplo de inúmeras cachoeiras no próprio distrito, o Parque Estadual da Serra do Lajeado com suas trilhas ecológicas, o Lago Palmas e as praias da Graciosa, Prata, das Arnos, Caju e dos Buritis.
A decoração natalina é o resultado do projeto piloto da Prefeitura de Palmas Natal de Luz: preservação e arte em Taquaruçu, realizado pela Fundação Cultural de Palmas e estará disponível para visitação até o dia 06 de janeiro.

Natal ecológico
Foram utilizadas 15 mil garrafas pets para confeccionar seis anjos, seis velas, 260 bolas distribuídas nas árvores das praças da Criança e Joaquim Maracaípe, além das mangueiras iluminadas e adornos utilizados no portal de entrada de Taquaruçu e na casa do Papai Noel.
A casa do Papai Noel é um espaço totalmente contextualizado ao cenário rústico e sertanejo característico à arquitetura de Taquaruçu construído no Museu Casa Vítor, que fica na Praça da Criança com horário para visitação de 15 às 21 horas, até o dia 06 de janeiro, exceto nos feriados de natal e ano novo.
Outro atrativo é a feira de artesanato e comidas típicas que permanece a céu aberto na Praça Maracaípe de quinta a domingo até dia 06 de janeiro.
A realização do projeto em Taquaruçu agrega cultura, preservação do meio ambiente, inclusão social e fomento ao turismo, alinhando-se com as ações governamentais previstas pela Prefeitura, segundo Kátia Maia, presidente da Fundação Cultural de Palmas.
O projeto de decoração de Taquaruçu foi idealizado e executado pela artista plástica Sandra Oliveira resultou em uma graciosa decoração e é resultado de um trabalho de consciência ecológica, em que todos estão voltados para o bem comum. 

Viajando para curtir as férias de verão em 3 capitais diferentes. Faça sua escolha!

As férias de verão são um dos principais acontecimentos do no nosso país. Como o Brasil é um país de diversas culturas, lugares exuberantes e um clima agradabilíssimo, é nessa época que turistas de todo o mundo dão preferência aos nossos belos roteiros. Isso é bom para o turista e bom para a economia do país, que nessa época, se apóia no turismo para a geração de novos empregos e oportunidades. Mas falando em diversão, selecionamos aqui três lugares para você conhecer, aproveitar e contar os dias para poder voltar! Confira:

Fortaleza/CE
 Marina Park Hotel em Fortaleza
Fortaleza é um dos destinos mais procurados durante todo o ano. E é difícil achar apenas uma razão pela qual a cidade é tão requisitada. Com um belo e simpático cenário, a cidade oferece passeios para todos os estilos. São caminhadas pelas orlas centrais com direito a um pôr-do-sol inesquecível, passeios de bugues para admirar as dunas e falésias da região, praias ensolaradas, feirinhas Beira-Mar e o famoso Mercado de Artesanato da capital. Alguns hoteis em Fortaleza oferecem as programações da cidade, vale à pena conferir! Além disso, experimentar a culinária local é essencial – principalmente se você é um amante dos peixes e frutos do mar. O Beach Park, situado em uma cidade da região metropolitana, é o maior parque aquático do país e vale a pena ser visitado – principalmente devido aos seus diversos tobogãs, piscinas e shows que acontecem o dia inteiro.

Florianópolis/SC
Hotel Faial em Florianópolis
É evidente o porquê que a capital de Santa Catarina recebeu o título de Ilha da Magia. Sua beleza natural encanta a todos que a visitam com suas montanhas e praias – a cidade possui aproximadamente 100 praias de todos os estilos e entre as principais estão: Jurerê Internacional, Joaquina, Ingleses, Santinho, Campeche e Canasvieiras. A cidade oferece diversos passeios para seus visitantes, como ecoturismo, esportes radicais (saltos de pára-quedas, vôos livres e escolas de surf), noites agitadas e passeios por paisagens rurais e pelas praias paradisíacas e suas ilhas. Visitar a cidade pode ser um pouco mais caro do que outros passeios, mas se você fizer um bom planejamento, será possível conhecer as belezas da cidade e economizar um pouco. Uma dica é fazer a reserva do hotel com antecedência. Você encontrará um hotel Florianópolis para a sua faixa de renda e suas condições.

Rio de Janeiro/ RJ 
Interior do Bay Rio Internacional Hotel
A capital fluminense é um refugio para turistas. Preferência mundial entre os roteiros brasileiros, reservar um hotel Rio de Janeiro é uma tarefa árdua se você deixou para a última hora, pois em qualquer época do ano eles ficam sempre lotados (mas principalmente durante o verão e o carnaval). Tudo porque a Cidade Maravilhosa ostenta um estilo de vida festeiro e despojado. Dentre seus principais pontos turísticos, destacam-se as praias e o famoso Cristo Redentor. A noite ao bairro da Lapa é a pedida para quem curte uma música ao vivo ou até mesmo um barzinho sossegado. A cidade também dispõe de ótimos passeios culturais, já que o Rio de Janeiro possui um dos maiores acervos histórico do país.

Gostaram das dicas? Então não deixe nada para a última hora. Adquira suas passagens e faça a reserva de hotel para garantir ótimas condições e preços. A última dica é entrar no site da FalaTurista e fazer a reserva em um dos vários hotéis oferecidos pelo site.

Gasto de turista estrangeiro é recorde em 2011


Os turistas estrangeiros gastaram - de janeiro a novembro deste ano - US$ 6,1 bilhões, valor que supera os US$ 5,9 bilhões apurados em todo o ano passado. O resultado confirma a expectativa do Ministério do Turismo de fechar 2011 com a receita cambial turística na casa dos US$ 6,7 bilhões - o melhor resultado de todos os tempos.
Os números relativos a novembro também são positivos. A entrada de divisas no mês foi de US$ 587 milhões, 4,9% superior ao mesmo período do ano passado. Isso levou o acumulado do ano, de US$ 6,1 bilhões, a um patamar 14,9% superior em relação a 2010. “É um ano de boas notícias, pois estamos estimando recordes também em vários outros indicadores do turismo, como os desembarques domésticos e internacionais”, comemora o ministro do Turismo, Gastão Vieira.
A receita cambial, apurada pelo Banco Central, inclui trocos cambiais oficiais e gastos em cartões de crédito internacionais. (Ascom MTur)

Abrajet na presidência dos imortais amazonenses


Arlindo Porto em almoço da Abrajet

Com 20 votos de vantagem o jornalista Arlindo Porto, membro da Abrajet-AM, foi eleito presidente da Academia Amazonense de Letras. Esta é a primeira vez que um jornalista ocupa o cargo na AAL.
A Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo tem um bom motivo para comemorar neste fim de ano. O companheiro Arlindo Porto, um dos membros mais presentes nas reuniões da entidade, foi eleito presidente da Academia Amazonense de Letras, onde está há 15 anos como um dos imortais do Estado.
            Nascido em Manaus em 1929, Arlindo Porto sempre teve participação ativa na vida da cidade. Ocupou vários cargos importantes, entre eles o de presidente da Assembléia Legislativa do Amazonas e Deputado Federal. Mas ganhou fama mesmo com as obras “Bernardo Cabral, um paladino da democracia”, editada em 1998, e “Nunes Pereira, o cavaleiro de todas as madrugadas do universo” em 1993.
            Arlindo assume sem planos exuberantes, como é bem o seu estilo. Na calma, promete manter o ritmo deixado pelo seu antecessor José Braga. “Pretendo apenas ampliar tudo o que já foi feito. Pretendo trabalhar no sentido de ver a Academia promover ainda mais a cultura no Amazonas”, disse.
            Outro ponto previsto para a sua gestão é implantar intercâmbio entre as culturas portuguesa e amazonense, projeto por sinal apresentado pelo mais novo acadêmico, o ex-senador Artur Virgilio Neto. Trabalhar com jovens também é uma das metas do novo presidente. “A academia tem que abrir ainda mais as portas para as novas gerações”, afirmou. (Paulo Roberto Pereira)

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Definidos local e data do Congresso da Abrajet em 2012


Hélcio Estrella cotado para reeleição na Abrajet

Conforme informações do presidente Hélcio Estrela, os membros da Abrajet se encontram entre os dias 31 de maio e 5 de junho nas cidades de Atibaia e Nazaré Paulista.
A Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (ABRAJET) e sua seccional de São Paulo definiram que o XXIX Congresso da entidade será de 31 de maio a 05 de junho de 2012, em Atibaia e Nazaré Paulista, duas cidades históricas do Interior paulista, distantes aproximadamente 50 km da Capital.
Mais uma vez o evento terá um ciclo de palestras e vistas a pontos turísticos das cidades sede. Os locais foram escolhidos pelo presidente da Abrajet-SP, Cláudio Oliva, por serem de fácil acesso a delegações que cheguem de qualquer ponto do País. Atibaia, que será a sede principal do evento, fica a apenas 40 km do aeroporto de Cumbica e a 60 km da capital, onde está o aeroporto de Congonhas.
A parte de lazer que sempre precede aos Congressos da Abrajet e serve como divulgação deste destino turístico em 2012 acontecerá na cidade de Nazaré Paulista, mais precisamente no Resort Recanto do Teixeira, único hotel que funciona no sistema super “all inclusive”. Além disso, a prefeitura de Guarujá já manifestou interesse em mostrar os encantos de suas praias aos jornalistas presentes.
Eleição Abrajet Nacional
O Congresso Brasileiro de Jornalistas de Turismo de 2012 terá a peculiaridade de abrigar em sua programação a Assembléia Geral Ordinária que definirá o novo presidente da entidade. Tudo indica que o atual presidente, Hélcio Estrela, será reeleito, tendo em vista o excelente trabalho que vem desenvolvendo na entidade, inclusive com a valorização e reestruturação das seccionais, até então esquecidas pela diretoria da Abrajet Nacional.
No inicio do ano, a Abrajet Nacional divulgará como será o processo de inscrição para que todos os jornalistas de turismo do Brasil possam participar deste importante evento para a categoria.(Abrajet São Paulo)

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Encontro reúne coordenadores de serviços turísticos dos estados


O IV Encontro dos Coordenadores Regionais de Serviços Turísticos – 2011 foi concluído nesta quarta-feira. O evento foi realizado pelo Ministério do Turismo (MTur) com o objetivo de promover o alinhamento e a atualização de procedimentos da área de atuação dos coordenadores. Entre os assuntos debatidos ao longo de três dias estão a atualização do Sistema de Cadastramento de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), a Classificação Brasileira de Hotéis (SBClass) e a gestão de convênios.
Cinquenta e oito coordenadores regionais assistiram a palestras e debateram assuntos da pauta com representantes do MTur e do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Entre os temas, a execução e prestação de contas no Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse do Governo Federal (Siconv).
Segundo a Coordenadora Geral de Serviços Turísticos do MTur, Rosiane Rockenback, a reunião é necessária para por os coordenadores a par das atualizações dos marcos regulatórios. “Este ano houve muitos aperfeiçoamentos e atualizações, e este encontro nos permite melhor orientar os prestadores de serviço nos estados, que estão em contato direto com estes coordenadores. Buscamos também sensibilizar os coordenadores para que eles busquem o corpo-a-corpo com os responsáveis por empreendimentos informais, com instrumentos para a formalização”, listou Rockenback. (Assessoria Imprensa MTurismo)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Morro do Segredo


O Morro do Segredo é uma elevação de 250 metros de altura, situado na entrada da cidade de Lajeado, município distante 50 km da capital tocantinense, Palmas. O morro dá as boas vindas ao visitante e é o primeiro sinal da chegada a Lajeado devido sua localização logo à entrada da cidade.
A visão do morro impressiona a todos por causa de sua formação, pois desperta a curiosidade porque parece ter sido formado por camadas de lava derretida há milhões de anos.
Rico em atrativos naturais, Lajeado se destaca por suas muitas cachoeiras, rios, grutas, balneários e belíssimo relevo, de um lado, a serra repleta de palmeiras nativas e ipês floridos de várias cores na primavera, e de outro, as águas tranqüilas do grande lago Palmas. 

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

XXIX Congresso Nacional da Abrajet terá como sede a cidade de Atibaia- SP


O evento acontecerá de 30 de maio a 03 de junho de 2012, e os press trips serão de 03 a 06 de junho de 2012. A informação é do presidente da Abrajet/SP, Cláudio Lacerda Oliva. Na oportunidade os jornalistas de turismo de todo o país poderão conferir as belezas da cidade que é cercada por dois parques e que tem um dos melhores climas do mundo.
O evento têm apoio integral da Prefeitura de Atibaia, Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo e principalmente com o empenho do Atibaia e Região Convention Bureau.
 O local foi escolhido de maneira criteriosa pela Abrajet/SP para facilitar o acesso e deslocamento dos congressistas e pelo enorme potencial de atrativos turísticos, culturais e gastronômicos da região.
Atibaia fica a apenas 40 quilômetros do aeroporto André Franco Montoro – em Guarulhos Cumbica e a 60 quilômetros da capital paulista. É conhecida por ter a festa do morango uma das mais tradicionais do país.
O Resort Recanto do Teixeira, localizado em Nazaré Paulista, único hotel que funciona no sistema super All Inclusive receberá um grupo de jornalista da Abrajet por dois dias. Além disso, a prefeitura do Guarujá também estará recebendo um grupo de jornalistas interessados em visitar a cidade. Mais informações www.abrajetsp.com.br



Floricultura virtual entrega flores de Holambra para mais de 500 cidades do país


Batizada de Flores4all (flores para todos), empresa usa a Internet como ferramenta para a venda de flores frescas produzidas na cidade que é a maior produtora do Brasil. São mais de 30 diferentes tipos de flores para a venda virtual com prazo de entrega médio de até dois dias úteis, a partir da data do pedido, de Norte a Sul do Brasil. A meta é alcançar R$ 1,5 milhão em vendas em três anos.
A distância deixou de ser problema para quem quer comprar as flores de Holambra (SP), antiga colônia holandesa distante 120 km da capital paulista e maior produtora de flores e plantas ornamentais do Brasil. Com o serviço implantado na internet e acessado no endereço www.flores4all.com.br, as compras de flores produzidas em Holambra podem ser feitas de qualquer parte do mundo desde que o local para a entrega seja uma das mais de 500 cidades brasileiras, entre elas 22 capitais.
A Flores4all (lê-se Flores for all e significa “flores para todos”) entrega flores frescas em um kit completo formado por uma caixa de presentes, um vaso decorativo (com opção de escolha quanto ao formato e a cor), cartão personalizado, um guia sobre os cuidados com as flores e dois sachês de conservantes. A entrega é feita em até dois dias úteis pelos serviços de postagem Sedex ou da Azul Cargo, transportes aéreos.
Investimento
As vendas pelo site começaram no início de dezembro. Os investimentos para viabilizar a floricultura virtual somam R$ 150 mil e a previsão é de um faturamento de R$ 400 mil já no primeiro ano de funcionamento. A expectativa é atingir o faturamento de R$ 1,5 milhão ao ano a partir de 2014.
Como funciona
Estão disponíveis para a venda 15 tipos de rosas, três variedades de orquídeas de corte, entre elas a exclusiva orquídea Blue Mistic, lírios e anastácias (flor verde com alta durabilidade), entre outras. Os preços variam de R$ 49,95 (caixa com 12 rosas) a R$ 159,95 (mix de lírios), dependendo da quantidade e do produto escolhido.
Pelo site, o consumidor pode fazer a encomenda a qualquer hora ou dia da semana e escolher a forma de pagamento (cartão de crédito ou boleto bancário). Assim que a transação for confirmada pela instituição financeira o pedido é separado e enviado. Além do site, os clientes podem fazer a encomenda por email (contato@flores4all.com.br), Skype (contato-flores4all), MSN (contato-flores4all) ou pelo telefone 19 3802-1424 (de segunda à sexta, das 8h às 17h).

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011


Vai viajar? Fique atento: Relação de itens proibidos em voo


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) divulgou nova Resolução sobre os procedimentos de inspeção de passageiros nos aeroportos e atualização da lista de itens proibidos ou restritos nas aeronaves. A inspeção deve utilizar máquina de raio X, pórtico detector de metais e "inspeção manual da bagagem de mão" quando for necessário.
Segundo a Anac, os objetos relacionados abaixo não podem ser transportados na cabine. A agência alerta que a lista pode sofrer alterações:

"a) pistolas, armas de fogo e outros dispositivos que disparem projéteis - dispositivos que podem ou aparentam poder ser utilizados para causar ferimentos graves através do disparo de um projétil, incluindo:

1) armas de fogo de qualquer tipo, tais como pistolas, revólveres, carabinas, espingardas;
2) armas de brinquedo, réplicas ou imitações de armas de fogo que podem ser confundidas com armas verdadeiras;
3) componentes de armas de fogo, excluindo miras telescópicas;
4) armas de pressão por ação de ar e gás comprimido ou por ação de mola, tais como armas de paintball, airsoft, pistolas e espingardas de tiro a chumbo ou outros materiais;
5) pistolas de sinalização e pistolas de partida esportiva;
6) bestas, arcos e flechas;
7) armas de caça submarina, tais como arpões e lanças; e
8) fundas e estilingues;

b) dispositivos neutralizantes - dispositivos destinados especificamente a atordoar ou a imobilizar, incluindo:

1) dispositivos de choque elétrico, tais como armas de choque elétrico e bastões de choque elétrico;
2) dispositivos para atordoar e abater animais; e
3) químicos, gases e aerossóis neutralizantes ou incapacitantes, tais como spray de pimenta, gás lacrimogêneo, sprays de ácidos e aerossóis repelentes de animais;

c) objetos pontiagudos ou cortantes - objetos que, devido à sua ponta afiada ou às suas arestas cortantes, podem ser utilizados para causar ferimentos graves, incluindo:

1) objetos concebidos para cortar, tais como machados, machadinhas e cutelos;
2) piolets e picadores de gelo;
3) estiletes, navalhas e lâminas de barbear, excluindo aparelho de barbear em cartucho;
4) facas e canivetes com lâminas de comprimento superior a 6 cm;
5) tesouras com lâminas de comprimento superior a 6 cm medidos a partir do eixo;
6) equipamentos de artes marciais pontiagudos ou cortantes;
7) espadas e sabres; e
8) instrumentos multifuncionais com lâminas de comprimento superior a 6 cm;

d) ferramentas de trabalho - ferramentas que podem ser utilizadas para causar ferimentos graves ou para ameaçar a segurança da aeronave, incluindo:

1) pés-de-cabra e alavancas similares;
2) furadeiras e brocas, incluindo furadeiras elétricas portáteis sem fios;
3) ferramentas com lâmina ou haste de comprimento superior a 6 cm que podem ser utilizadas como arma, tais como chaves de fendas e cinzéis;
4) serras, incluindo serras elétricas portáteis sem fios;
5) maçaricos;
6) pistolas de cavilhas, pistolas de pregos e pistolas industriais; e
7) martelos e marretas;

e) instrumentos contundentes - objetos que podem causar ferimentos graves se utilizados para agredir alguém fisicamente, incluindo:

1) tacos de beisebol, pólo, golfe, hockey, sinuca e bilhar;
2) cassetetes, porretes e bastões retráteis;
3) equipamentos de artes marciais contundentes; e
4) soco-inglês;

f) substâncias e dispositivos explosivos ou incendiários - materiais e dispositivos explosivos ou incendiários que podem ou aparentam poder ser utilizados para causar ferimentos graves ou para ameaçar a segurança da aeronave, incluindo:

1) munições;
2) espoletas e fusíveis;
3) detonadores e estopins;
4) réplicas ou imitações de dispositivos explosivos;
5) minas, granadas e outros explosivos militares;
6) fogos de artifício e outros artigos pirotécnicos;
7) botijões ou cartuchos geradores de fumaça;
8) dinamite, pólvora e explosivos plásticos;
9) substâncias sujeitas a combustão espontânea;
10) sólidos inflamáveis, considerados aqueles facilmente combustíveis e aqueles que, por atrito, podem causar fogo ou contribuir para ele, tais como pós metálicos e pós de ligas metálicas;
11) líquidos inflamáveis, tais como gasolina, etanol, metanol, óleo diesel e fluido de isqueiro;
12) aerossóis e atomizadores, exceto os de uso médico ou de asseio pessoal, sem que exceda a quantidade de quatro frascos por pessoa e que o conteúdo, em cada frasco, seja inferior a 300 ml ou 300 g;
13) gases inflamáveis, tais como metano, butano, propano e GLP;
14) substâncias que, em contato com a água, emitem gases inflamáveis;
15) cilindros de gás comprimido, inflamável ou não, tais como cilindros de oxigênio e extintores de incêndio; e
16) isqueiros do tipo maçarico, independente do tamanho;

g) substâncias químicas, tóxicas e outros itens perigosos - substâncias capazes de ameaçar a saúde das pessoas a bordo da aeronave ou a segurança da própria aeronave, incluindo:

1) cloro para piscinas e banheiras;
2) alvejantes líquidos;
3) baterias com líquidos corrosivos derramáveis;
4) mercúrio, exceto em pequena quantidade presentes no interior de instrumentos de medição térmica (termômetro);
5) substâncias oxidantes, tais como pó de cal, descorante químico e peróxidos;
6) substâncias corrosivas, tais como ácidos e alcalóides;
7) substâncias venenosas (tóxicas) e infecciosas, tais como arsênio, cianetos, inseticidas e desfolhantes;
8) materiais infecciosos, ou biologicamente perigosos, tais como amostras de sangue infectado, bactérias ou vírus; e
9) materiais radioativos (isótopos medicinais e comerciais);

h) outros - itens proibidos que não se enquadram nas categorias anteriores:

1) dispositivos de alarme (excluindo dispositivo de relógio de pulso e de equipamentos eletrônicos permitidos a bordo); e
2) materiais que possam interferir nos equipamentos das aeronaves e que não estejam relacionados entre os dispositivos eletrônicos permitidos, tais como telefone celular, laptop, palmtop, jogos eletrônicos, pager, que são de uso controlado a bordo de aeronaves;
i) itens tolerados - itens que são tolerados, respeitadas as especificações que se seguem:
1) saca-rolhas;
2) canetas, lápis e lapiseiras, com comprimento inferior a 15 cm;
3) isqueiros com gás ou fluido com comprimento inferior a 8 cm, na quantidade máxima de um por pessoa;
4) fósforos, em embalagem com capacidade não superior a 40 palitos, na quantidade máxima de uma caixa por pessoa;
5) bengalas;
6) raquetes de tênis;
7) guarda chuvas; e
8) martelo pequeno para uso em exames médicos;

j) itens proibidos para voos sob elevado nível de ameaça - itens permitidos ou itens tolerados que são proibidos no caso de elevação do nível de ameaça da segurança da aviação civil:

1) qualquer instrumento de corte;
2) saca-rolhas;
3) bengalas;
4) raquetes de tênis;
5) qualquer isqueiro;
6) fósforos, em qualquer quantidade ou apresentação; e
7) aerosóis"

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Embratur negocia parceria para levar gastronomia brasileira a feiras internacionais



O presidente do Instituto brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, reuniu-se, hoje, com a diretora da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, Mônica Rangel, para debater a inserção da gastronomia no circuito de feiras internacionais. Para Dino, a iniciativa irá contribuir para a promoção do Brasil no exterior. “Poderemos utilizar a culinária típica para promover a cultura dos estados e regiões brasileiras”, adiantou Dino.
Ainda de acordo com o presidente, é possível que os estandes brasileiros ganhem atrativos gastronômicos em cinco feiras a serem realizadas no ano que vem. “A culinária brasileira está se tornando mais conhecida mundialmente, por conta seus sabores marcantes, e poderá ser um novo atrativo de público no espaço do Brasil em eventos no exterior.”
Para Mônica Rangel, a criação de eventos próprios de gastronomia brasileira também podem render resultados mais efetivos nos mercados prioritários. “Além da inserção da gastronomia em feiras internacionais, precisamos promover degustações específicas para formadores de opinião estrangeiros.” Para ela, é preciso mostrar que o Brasil tem uma cozinha moderna e sofisticada que, ao mesmo tempo em que traz raízes culturais, é muito superior aos estereótipos.
Se depender dos turistas internacionais, temos grandes chances de atrair visitantes motivados pelos sabores do Brasil. Em pesquisa realizada com turistas estrangeiros pela Fundação Instituto Pesquisas Econômicas (Fipe), em 2010, a pedido do Ministério do Turismo, os restaurantes e a gastronomia estão entre os itens mais bem avaliados, com 95% e 96% de aceitação, respectivamente. (Ascom Embratur)

5º Encontro Nacional de Turismo da Bahia

José Manoel Garrido e Sérgio Gordilho

O presidente do Encontro Nacional de Turismo da Bahia (Entur), empresário baiano, Sérgio Gordilho, informou nesta terça(06) que fechou parceria com a ABIH-Bahia,através de seu presidente, o empresário, José Manoel Garrido  para realização  de um seminário  e exposição de fornecedores  para o segmento hoteleiro durante a quinta edição do Encontro Nacional de Turismo da Bahia (Entur) que acontece nos dias 23 e 24 de agosto de 2012, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

FELIZ NATAL


Adtur faz parceria para livro sobre o Jalapão


O presidente da Agência de Desenvolvimento Turístico (Adtur), Lucio Flavo Adorno e o diretor-presidente da Empresa das Artes, Fábio Ávila, assinaram Termo de Cooperação Técnica, para publicação de livro intitulado “O Jalapão e a Cultura de suas Comunidades”, que, em registro fotográfico, textos e vídeo, abordará aspectos sociológicos, ambientais, turísticos e culturais da região.  O ato aconteceu durante o evento de lançamento do Guia Tocantins- Turístico, Ecológico, Histórico e Cultural, na noite desta quarta-feira, 30, no hall do auditório do Palácio Araguaia. Representando o governador Siqueira Campos, o vice-governador João Oliveira recepcionou autoridades nacionais e estaduais, além de representantes do trade.

Segundo o presidente da Adtur, Lúcio Flavo Adorno, o livro sobre o Jalapão dará continuidade à promoção dos roteiros turísticos do Tocantins, de forma regionalizada, com um olhar diferenciado sobre seu povo, manifestações culturais, e focando a riqueza dos atrativos. Para Adorno, este trabalho é uma sequencia de conteúdo do Guia Tocantins, que se apresenta como ferramenta para a atração de investimentos no setor do Turismo, fornecendo as informações mais relevantes ao visitante e ao público interno.

Prossegue a parceria com a Editare (Empresa das Artes), que fez toda a captação de recursos para a publicação do Guia Tocantins- Turístico, Ecológico, Histórico e Cultural, viabilizado com a participação da Celtins, que disponibilizou incentivos através da Lei Rouanet. O Guia apresenta detalhadamente as belezas e atrações das sete regiões do Estado (Bico do Papagaio, Encantos do Jalapão, Ilha do Bananal, Lago e Praias do Cantão, Serras e Lago, Serras Gerais e Vale dos Grandes Rios), destacando as formações naturais, tais como praias fluviais, dunas, rios, cachoeiras, entre outros.

Presentes
O evento de lançamento do Guia teve bufê típico, cantoras regionais e foi prestigiado pelo vice-presidente executivo do Grupo Rede, Alankardek Moreira; presidente nacional da ABIH-Associação Brasileira da Indústria Hoteleira, Enrico Torquato; presidentes estaduais da Abrajet-Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, Luís Pires; da ABCMI-Associação Brasileira de Clubes da Melhor Idade, Luzia Brito; Ilza Corrêa (ABCMI-TO); Rosa Eufrásio, da ABRASEL-Associação Brasileira de Bares e Restaurantes e Maria Arislêda Silva Rêgo, do Forum Estadual de Turismo. Também estavam no lançamento guias de turismo, agentes de viagens, secretários estaduais, a primeira dama de Mateiros, Leide Nunes, o prefeito de Natividade, Joaquim Ferreira e o secretário de Turismo de Aurora do Tocantins, Anselmo Silva. O deputado Marcelo Lélis representou o presidente da Assembléia Legislativa e o vereador Cavalcante, a Câmara Municipal de Palmas. (Olga Cavalcante Ascom/ADTUR)

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Guia Turístico, Ecológico, Histórico e Cultural doTocantins vai ser lançado nesta quarta, dia 30


Praia de Araguanã, região norte do Tocantins

Nesta quarta-feira, 30, o Tocantins ganha uma publicação que enfoca com qualidade e profissionalismo seu multifacetado cenário: é o Guia Turístico, Ecológico, Histórico e Cultural, que resulta de parceria entre Agência de Desenvolvimento Turístico (Adtur), Celtins (Grupo Rede) e Empresa das Artes.
O Guia apresenta detalhadamente as belezas e atrações das sete regiões do Estado (Bico do Papagaio, Encantos do Jalapão, Ilha do Bananal, Lago e Praias do Cantão, Serras e Lago, Serras Gerais e Vale dos Grandes Rios), destacando as formações naturais, tais como praias fluviais, dunas, rios, cachoeiras, entre outros. A edição foi feita com recursos cedidos pela Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A Adtur disponibilizou veículo e técnico para acompanhar a equipe de pesquisa em trabalho de campo durante três meses.
A Adtur interagiu com o trade, dando ênfase a entidades como ABAV, Convention &Visitors Bureau, secretarias de Cultura  e de Meio Ambiente, e Universidades e entidades de ensino que oferecem cursos de Turismo, Jornalismo, História e Meio Ambiente.Também repassou fotos de seu acervo, informações, além de produzir roteiro para a captação fotográfica nas regiões turísticas. O órgão ficou responsável pela apresentação da Editare, empresa que produziu o Guia, com as principais operadoras e agências de turismo receptivo e com os municípios percorridos.
O conteúdo ressalta os vários aspectos socioculturais, mostrando personagens, as principais manifestações culturais e apresenta ainda informações úteis e dicas para o turista, como sugestões de hospedagem, restaurantes, agências e operadoras de turismo. Um calendário de eventos destaca as festas e os eventos mais importantes do ano.
Integrando a “Série Guias Empresa das Artes de Turismo do Brasil”, a publicação registra o potencial turístico-cultural brasileiro dos principais estados do País. O Tocantins é o mais recente Estado contemplado. Segundo a editora, a obra contribui para a valorização do patrimônio histórico, cultural e ecológico do Estado, alertando quanto à importância da preservação dos ecossistemas locais e o desenvolvimento sustentável do turismo.(Olga Cavalcante - Ascom/ADTUR)

Ficha Técnica
Título: "Guia Turístico Tocantins – Ecológico, Histórico e Cultural"
Formato do livro:  11,5 x 21,0 cm
Miolo:  em papel couché, impresso a 4 X 4 cores.
Nº de páginas: 240
Preço: R$ 35,00

Lançamento
Data: 30 de Novembro de 2011
Horário: 18h30
Local: Palácio Araguaia, Palmas, TO

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Jubiart: artesanato tocantinense de qualidade



O Tocantins é rico em artesãos que trabalham com os mais diversos tipos de matéria prima, sejam estas artificiais ou naturais. Estive recentemente em Tocantinópolis e fiquei encantada com uma lojinha de artesanato, a JUBIART ARTESANATO, da paranaense Bia Jubiart, que como ela mesma diz, jogou a aposentadoria para o alto, e virou dona do seu destino. Bia adotou o Tocantins, mais especificamente Tocantinópolis, região norte do estado.
Segundo Bia, empreendedora individual, a lojinha nasceu por acaso, saindo da oficina de artesanato e foi crescendo, crescendo, e tomou conta da sala principal de sua residência. Bia expõe e comercializa seus trabalhos e de outros artesãos amigos seu.
Quem gosta de novidades em artesanato de boa qualidade não pode ir a Tocantinópolis sem fazer uma visita à JUBIART ARTESANATO. Vale a pena, veja apenas uma amostra do acessório que comprei lá, este colar abaixo. 

Artesanato tocantino já é tendência mundial



O Tocantins é considerado um dos maiores semeadores da “riqueza” com produtos naturais como o capim dourado e o coco do babaçu, que ao se tornarem objetos de arte e decoração vislumbram a moda e amantes da arte em todo o mundo. Minérios, pedras preciosas e até o capim do nosso país são utilizados em grande escala para a fabricação de bio-jóias para exportação.
Foi criada uma linha de bolsas, bijuterias e artigos de decoração em capim dourado e babaçu, que agregou (gemas) pedras preciosas tendo como matéria prima os produtos naturais. O capim dourado, o babaçu e o buriti manufaturados, se transformaram. No decorrer do trabalho foram desenvolvidas técnicas de bordado, serigrafia, tingimento do tecido, tudo isso, integrado ao processo artesanal, que deu vida a vestidos, bolsas, saias, calçados e acessórios.

1º Guia Turístico, Ecológico, Histórico e Cultural do Tocantins



A união de esforços da Agência de Desenvolvimento Turístico do Estado do Tocantins (Adtur), Celtins e Empresa das Artes resultou na publicação do “Guia  Turístico, Ecológico, Histórico e Cultural do Tocantins, com lançamento marcado para a próxima quarta-feira, dia 30 de novembro, às18h: 30m, no hall do auditório do Palácio Araguaia, em Palmas. A edição do Guia foi feita  com recursos cedidos pela Companhia de Energia Elétrica do Estado do Tocantins através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A Adtur disponibilizou veículo e técnico para acompanhar a equipe de pesquisa em trabalho de campo durante três meses.
Também repassou fotos de seu acervo, informações, além de produzir roteiro para a captação fotográfica nas regiões turísticas. O órgão ficou responsável pela apresentação da Editare, empresa que produziu o Guia, com as principais operadoras e agências de turismo receptivo e com os municípios percorridos.  A Adtur interagiu com o trade, dando ênfase a entidades como ABAV, Convention &Visitors Bureau, secretarias de Cultura  e de Meio Ambiente, e Universidades e entidades de ensino que oferecem cursos de Turismo, Jornalismo, História e Meio Ambiente.
Foram realizados contatos com os principais estabelecimentos hoteleiros voltados às áreas de Gastronomia regional, e técnicos da Adtur fizeram revisão de conteúdo do Guia. A Editare irá repassar à Agência de Desenvolvimento Turístico mil exemplares e cópia digital de todas as fotos produzidas pelo fotógrafo contratado, com resolução suficiente para uso publicitário e jornalístico. A Empresa das Artes responsabilizou-se pela divulgação nacional, através de Assessoria de Imprensa e publicação de anúncios em revistas da Editora Três.
O Guia foca o potencial do Tocantins em textos e fotos que irão embasar visitantes e tocantinenses com informações sobre roteiros. São considerados aspectos históricos, principais manifestações culturais e gastronômicas e os atrativos de sol e praia, diferenciais por sua sazonalidade. E mais a biodiversidade amazônica e pluralidade dos diferentes ecossistemas. (Olga Cavalcante/Ascom - ADTUR)

Hotel Maksoud Plaza é arrematado por R$ 70 milhões


O hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, foi arrematado pelo lance mínimo de R$ 70 milhões em leilão nesta quinta-feira. O local foi a leilão devido a dívidas trabalhistas.
De acordo com o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, o comprador deve pagar no ato 30% do valor, mais a parte do leiloeiro, que é de 5%. O restante deve ser pago em 24 horas. Por conta de uma liminar, o resultado do leilão está congelado. Isso significa que o comprador paga pelo hotel de luxo, mas não leva, até o julgamento de uma ação movida pela empresa. Segundo o TRT, não há prazo para o julgamento.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Chambari poderá tornar-se Prato Típico da Gastronomia Tocantinense


Projeto de Lei de autoria do deputado estadual Osires Damaso (DEM), poderá tornar o Chambari Prato Típico da Gastronomia Tocantinense. Medida neste sentido entrou em tramitação hoje na Assembleia Legislativa, alguns deputados já acenam para sua aprovação e indicam a mesma para fazer parte da merenda escolar como prato principal da Rede Estadual de Ensino.
O Deputado em sua justificativa considera a culinária típica uma das mais evidentes e marcantes características da identidade cultural de um povo.
Em sua explanação Damaso objetiva este Projeto de Lei como um reconhecimento cultural deste prato típico tão apreciado na culinária pelos tocantinenses. O Chambari, tradicional iguaria apreciada nas regiões Norte/Nordeste do país em especial no Tocantins, finalizou o parlamentar.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Belmiro Gregório é empossado diretor nacional da Abrajet


Belmiro Gregório é empossado novo Diretor Nacional da Abrajet

O presidente nacional da ABRAJET - Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Hélcio Estrella, oficializou ao associado da Abrajet tocantinense e ao jornalista Belmiro Gregório sua convocação e posse para o cargo de Diretor Nacional e membro do Conselho da entidade. Belmiro, que já foi presidente da Abrajet/TO, era suplente do Diretor Nacional Eduardo Bins Ely/RS, que renunciou ao cargo mês passado. Leia abaixo a íntegra da missiva enviada por Estrella. Atualmente nosso companheiro abrajeteano exerce o cargo de Superintendente de Jornalismo na Secretaria de Comunicação do Estado do Tocantins.

Correspondência de Estrella

São Paulo/SP - 23 de novembro de 2011
Ilmo. Senhor Jornalista Belmiro Gregório - Palmas - TO
Prezado Abrajeteano: Ratificando a informação que lhe transmiti por telefone, tenho a honra de informar sua convocação para o cargo de Diretor Nacional e, como tal, membro efetivo do Conselho Nacional de nossa ABRAJET, em face da renuncia de nosso colega Eduardo Bins Ely/RS - Nessa condição, considere-se automaticamente empossado. 
Renovo ao colega os protestos de consideração. 
Atenciosamente,
Presidente Nacional da ABRAJET, Hélcio Estrella.

Perfil

Belmiro Gregório dos Santos, natural de Minas Gerais, formado em Jornalismo pela UNI-BH, em 1980. Foi assessor de imprensa da Prefeitura de Ariquemes-Rondônia, Professor de Química e Física, Geografia e Programa de Saúde para o Segundo Grau, narrador de Futebol pela Rádio Ariquemes, foi correspondente do Jornal Alto Madeira de Porto Velho. Em Maceió-AL, trabalhou no jornal Tribuna de Alagoas.
Chegou em Palmas-Tocantins em 1993, onde assumiu a Coordenação de Comunicação e Marketing do Governo do Estado. Recebeu o Prêmio de Melhor Assessor político do Estado Instituído pela Câmara Municipal de Palmas, recebeu da VASP uma viagem gratuita à Europa, pelos bons serviços de Divulgação do Estado do Tocantins.
Foi presidente da Abrajet –Seccional Tocantins durante seis anos, eleito Diretor Executivo da Abrajet-Nacional. Atualmente é Superintendente de Jornalismo do Governo do Estado do Tocantins. É esposo da também jornalista Mara Rita Ribeiro Rhoden.



sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Ilha dos Martírios abriga mais de 5 mil gravuras rupestres em pedras


Serra das Andorinhas em Xambioá - Tocantins
Inscrições ainda necessitam de estudos avançado


A Ilha dos Martírios, que fica no meio do rio Araguaia, com cerca de 70 hectares envolvendo os estados do Pará e Tocantins, abriga mais de 5.000 gravuras rupestres em pedras, além de outros atrativos turísticos e arqueológicos naturais. A ilha fica localizada entre Xambioá e Ananás, em território tocantinense, mas o complexo turístico, embora não explorado, ultrapassa fronteiras e abrange a Serra das Andorinhas tanto no lado tocantinense quanto no Pará.
Rica em grafismos em rocha, não datados, mas tidos como de grande importância arqueológica. Não se conhece ainda desenhos similares em outros sítios arqueológicos na América Latina. Nenhum estudo avançado das gravuras foi feito e corre o risco de ser coberto por um lago.
A Ilha dos Martírios será alagada se a Usina Santa Isabel se materializar como empreendimento do PAC 2 – Programa de Aceleração do Crescimento. Pelo menos parte do sítio arqueológico deve ser salvo das inundações e das empreiteiras. O Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – corre contra o tempo preparando o tombamento de um conjunto de petróglifos que seria alagado pela hidrelétrica.

Lazer e Turismo
As pinturas e gravuras rupestres representam um dos principais recursos turísticos da área, com apelo inclusive internacional, precisa ser um dos principais aspectos no estudo da relação entre a visitação e a sua preservação. A Ilha dos Martírios deve receber uma atenção especial. 

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

As Cataratas do Iguaçu são uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza


Cataratas do Iguaçu, uma das sete maravilhas da natureza, no mundo

As Cataratas do Iguaçu e a Amazônia estão entre as Sete Novas Maravilhas da Natureza, segundo levantamento preliminar da Fundação New Seven Wonders
divulgado na página da entidade promotora do concurso, nesta sexta-feira, às 17h07 (horário de Brasília).
A lista é composta ainda pela Baía Ha Long (Vietnã), Jeju-do (Coreia do Sul), Komodo (Indonésia), Rio subterrâneo de Porto Princesa (Filipinas), e Table Mountain (Montanha da Vida), na África do Sul.
O resultado saiu nove horas depois do encerramento da votação e foi recebido na fronteira do Brasil com a Argentina como uma vitória de final de Copa do Mundo.
O Comitê Local de Apoio à Candidatura das Cataratas comemorou com festa o título. O governador da província argentina de Misiones (estado), Maurice Fabián Closs, conclamou a população para participar de uma queima de fogos na Ponte da Fraternidade, que liga Foz do Iguaçu a Puerto Iguazú, depois das 18h30.
No Brasil, os organizadores do Vote Cataratas convocaram a imprensa para uma coletiva, no Hotel Rafain Centro, para comentar o resultado. Para o coordenador do Comitê, o jornalista Gilmar Piolla, superintendente de Comunicação Social de Itaipu, “essa vitória deve ser comemorada por brasileiros e argentinos. É um reconhecimento do mundo, do planeta, a uma das belezas mais impressionantes da natureza”.
O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, comemorou o resultado da votação e fez questão de agradecer a todos, moradores da região ou não, que reservaram um pouco de seu tempo para votar nas Cataratas como uma das Nova Sete Maravilhas da Natureza. Segundo ele, a eleição confirma o que todos já sabiam: que o principal atrativo da tríplice fronteira é, senão o primeiro, um dos destinos mais belos do planeta. “Aquilo que já era de direito, conquistamos também no voto”, afirmou.
Samek destacou também que o turismo é o grande negócio do século 21 – “uma indústria sem chaminé” – e que a divulgação é sua principal matéria-prima. E é justamente a visibilidade do atrativo um dos principais benefícios que a votação da New Seven Wonders traz para a região. “De nada adianta você ter o melhor destino e não receber bem, não ter infraestrutura para poder
bem acomodar”, observou. “E graças a Deus estamos caminhando numa direção correta de aliar o destino, que é uma maravilha, com uma infraestrutura que a cada dia está melhor”.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Adtur incentiva eleição da Amazônia


Trilha Aquática caiaque Parque Estadual do Cantão em Tocantins


Prossegue a disputa entre dois patrimônios brasileiros no concurso que vai eleger as “Sete Novas Maravilhas Naturais” do mundo: as Cataratas do Iguaçu (PR) e a Amazônia estão entre as finalistas. O resultado final deve ser anunciado no dia 11, e a votação ferrenha continua no site www.new7wonders.com. O Tocantins compõe a aliança dos sete Estados da região Norte brasileira que defendem a candidatura da Amazônia.
O concurso é organizado pela fundação suiça New Seven Wonder, a mesma que em 2007 promoveu a eleição das Sete Novas Maravilhas do Mundo, em que a estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, foi um dos eleitos. Na fase inicial, concorreram cinco paraísos naturais do Brasil: Pantanal, Amazônia, Fernando de Noronha, Foz do Iguaçu e o Monte Roraima,  pré-selecionados pela para disputar a eleição com 441 atrações de 222 países de todos os continentes.
A Amazônia, com a maior floresta tropical do mundo e que ocupa cerca de metade do território nacional, foi inscrita por iniciativa do Brasil, mas com a adesão dos países panamazônicos: Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela. Quem votou nas fases anteriores pode e deve votar novamente, em todo o mundo, pela internet, no endereço www.new7wonders.com nesta que é a terceira e última etapa da disputa.